Home / DICAS DE MULHER / Queda de cabelo! Acabe com esse mal

Queda de cabelo! Acabe com esse mal

Quando o assunto é queda de cabelo, as mulheres começam a se desesperar e muitas vezes esse desespero não tem sentido algum já que queda de cabelo é um fenômeno natural.

Mas existem casos em que os fios começam a cair em grande quantidade; esse é um alerta de que algo não está indo muito bem. Mas afinal, como saber se a queda está dentro do normal e caso não esteja, como acabar com esse mal?

Bem, para descobrir se o cabelo está caindo além do normal, observe o hábito comum de passar mãos nos cabelos. É natural que caiam fios a cada passada de dedos, mas fique atenta à quantidade.

Segure suas madeixas e puxe os fios. Se mais do que 15 fios caírem de uma vez só ao serem puxados, é motivo para recorrer a um médico.

Tipos de queda de cabelo

Você sabia que nem toda queda de cabelo é igual? É isso mesmo. Em alguns casos, é a hereditariedade o responsável por esse mal que atinge tanto os homens quanto as mulheres; já em outros, ela acontece por vários motivos como estresse, dietas não balanceadas ou doenças. A única coisa que elas têm em comum é o resultado: a calvície.

Os tipos que ocorrem mais comumente são:

A queda de cabelo difusa

Esse é o tipo de queda de cabelo mais comum nas mulheres e que afeta todo o couro cabeludo. A queda de cabelo difusa ocorre quando a raiz do cabelo já não cumpre sua principal função por não possuir elementos fundamentais para os processos metabólicos. Nesses casos a raiz diminui e a fase de crescimento do cabelo se reduz.

Queda de cabelo hereditária

Essa forma de queda de cabelo é hereditária e mais comumente associada apenas aos homens. Entretanto, esse tipo também pode ocorrer entre as mulheres e afeta quase 20% delas.

Enquanto os homens muitas vezes perdem cabelo na juventude (por volta dos 20 anos), nas mulheres a queda hereditária geralmente só ocorre após a menopausa.

O padrão da queda de cabelo também é diferente do dos homens: o cabelo começa a cair principalmente na testa e no centro da cabeça.

Nesse tipo, as raízes do cabelo apresentam hipersensibilidade ao hormônio masculino (testosterona), produzido no corpo ou à forma mais ativa deste, a dihidrotestosterona (DHT).

Isso significa que a DHT influencia negativamente o funcionamento das raízes, fazendo-as diminuir e interrompendo o crescimento do cabelo.

A queda hereditária também pode ser tratada com medicamentos especiais, aplicados diretamente nas áreas afetadas. O modo de ação exato desses preparados ainda não é conhecido, mas presume-se que os efeitos positivos se devam à expansão dos vasos sanguíneos.

Queda de cabelo em forma de círculo

Já esse tipo, produz áreas isoladas de calvície claramente delimitadas. As causas desse tipo de queda de cabelo ainda não foram completamente identificadas, mas presume-se que ela seja uma doença autoimune. Em todos esses casos, o tratamento deve ser administrado por um dermatologista.

Ao contrário do que muita gente pensa por aí, a queda de cabelo não é um problema exclusivamente masculino e que os fios que caem da cabeça das mulheres é algo normal.

Cerca de 40% das mulheres sofrem de algum tipo de queda de cabelo que exige tratamento pelo menos uma vez ao longo da vida.

Prevenção

Quando se nota que os cabelos estão caindo num ritmo muito acelerado é preciso identificar a causa do problema, para isso é muito importante saber o que está causando esse mal para então começar a tomar as medidas necessárias.

Mas antes que esse problema bata a porta, alguns cuidados podem ser tomados como prevenção. Entre eles, alguns alimentos podem ajudar a combater a calvície.

Alimentos que podem ajudar amenizar a queda de cabelo

Arroz, feijão e lentilhas: têm aminoácidos que quando combinados dão origem a proteínas que formam o colágeno e a queratina, que são componentes que fortalecem os cabelos e por isso quando consumidos regularmente protegem os fios da queda;

Leite e derivados: Ricos em cálcio, evitam que os cabelos fiquem opacos e quebradiços.

Alecrim: A aplicação do alecrim no couro cabeludo melhora a circulação prevenindo a queda de cabelo

Soja: Melhora a circulação no couro cabeludo, diminuindo o risco da queda de cabelo;

Frutos do mar: São ricos em magnésio, essencial para a formação das proteínas que fortalecem os fios;

Outras medidas que podem ajudar a combater a queda de cabelo são evitar banhos muito quentes, o uso do secador de cabelo e das pranchas térmicas, deixando os cabelos secarem naturalmente.

São vários os fatores que tem levado as pessoas a sofrerem com a queda de cabelo dentre eles está a falta alguns nutrientes da dieta diária e por isso indivíduos que não se alimentam de forma adequada, principalmente com uma dieta pobre em proteína e outras vitaminas necessárias para o bom funcionamento do organismo, têm grande probabilidade de ter queda de cabelo.

DICA EXTRA PARA VOCÊ!

Conheça a Nova Dieta Para Ganhar Massa Muscular

Uma das formas para ganhar massa muscular é o apoio em pilares. Um dos primeiros ...